Missão e Visão


Fundada em 19 de outubro de 2001, a antiga Faculdade Social da Bahia e atual Centro Universitário Social da Bahia – Unisba, credenciado pela portaria n° 1.516 de 29 de agosto de 2019, se dedica à formação de profissionais com competência técnica e humanística em diferentes áreas do conhecimento. Em 2022, a instituição foi adquirida pelo conceituado Grupo Educacional Faveni, presente em mais de 7 estados brasileiros, que imprime novidades e faz com que o Unisba siga realizando seu trabalho excepcional.

Com uma equipe docente altamente qualificada e com reconhecimento no mercado, a instituição oferece modernos laboratórios, biblioteca, piscina, articulação entre teoria e prática, filosofia de ensino com pesquisa e extensão, fácil acesso e ótima localização.

Os cursos de Graduação e Pós têm o compromisso de oferecer possibilidade de ascensão profissional e social aos acadêmicos, sempre com o foco no desenvolvimento da sociedade, por meio de seus projetos de interação social e melhoria da qualidade de vida das pessoas.

A instituição oferece cursos direcionados às diversas áreas de atuação com objetivo de formar profissionais comprometidos politicamente com a conjuntura brasileira, capazes de atuar com competência nos diversos âmbitos da sociedade, aptos a organizar, planejar, administrar, buscar informações e utilizar conhecimento científico e emocional como alternativas para se construir e consolidar uma sociedade mais democrática e justa.
Venha viver o novo!


Nossa Missão

Proporcionar o desenvolvimento da ética e da formação humanista e cidadã, por meio da excelência do ensino superior, pesquisa e extensão.

Nossa Visão

Ser uma instituição de referência nacional em educação superior, reconhecida pela prática social responsável, comprometida com o desenvolvimento regional e a formação de profissionais com competência técnica e humanista.

Nosso propósito/Negócio

A Transformação Social. A formação do Centro Universitário UNISBA deve contribuir para que os alunos se tornem protagonistas de transformação social.

  • Formação Humana
  • A formação que oferecemos aos alunos do Centro Universitário UNISBA,
    humana e humanizante, é pautada nos valores da sensibilidade ética,
    justiça, solidariedade, verdade, honestidade, transparência, no
    cuidado com as pessoas, na compreensão das necessidades e fragilidades
    humanas.

  • Ética
  • Ética (do grego ethos, que significa modo de ser, caráter,
    comportamento) é o ramo da filosofia que busca estudar e indicar o
    melhor modo de viver no cotidiano e na sociedade. A ética é uma teoria
    associada à prática moral que analisa e critica os fundamentos e
    princípios que regulam um determinado sistema moral. Todo ser humano
    possui um senso ético ou uma consciência moral. Na formação acadêmica,
    a ética não se dá somente no campo do saber teórico e prático
    vivenciado ao longo do curso, mas também através de uma formação
    humano-profissional conquistado à luz da ética do dia a dia, ética da
    vida.

  • Cordialidade e Assertividade
  • Cordialidade: vem do coração, se expressa nas relações baseadas na
    empatia pelo ser humano e no respeito. Ser cordial é ser afável,
    sincero e franco com seus liderados e seus colegas. Assertividade é a
    capacidade de expressar idéias, opiniões de forma cordial, simples,
    direta, empática e respeitosa. A assertividade supõe várias outras
    habilidades: flexibilidade, capacidade de ouvir, boa percepção,
    transparência, simplicidade, objetividade, auto-estima boa, ser “bem
    resolvido”, estar de bem com a vida. O líder precisa treinar a
    habilidade de ser assertivo. Ser um líder assertivo é saber falar e
    agir de modo que facilite as coisas no funcionamento da instituição e
    da equipe que ele dirige; permitir que seus liderados expressem suas
    emoções e suas opiniões, é ser gentil, respeitoso, honesto, verdadeiro
    e positivo com as pessoas.

  • Busca de Excelência em Práticas Educacionais
  • É finalidade das instituições educativas, através de seus
    profissionais (professores e não professores), promover e auxiliar na
    formação integral dos/as estudantes. Dentro da complexa dinâmica de
    uma formação que seja integral, a outra finalidade da educação
    escolarizada (educação formal), é, efetivamente, primar e criar
    condições para o exercício da cidadania, tendo em vista a
    transformação pessoal e social. Para tanto, a excelência deve ser
    objetivada pelos conteúdos desenvolvidos em função de conhecimentos
    que não se limitem ao plano teórico/conceitual, mas que avancem em
    direção mais abrangente. Esses conteúdos assumem o papel de envolver
    todas as dimensões da pessoa, caracterizando as seguintes tipologias
    de aprendizagem: factual e conceitual (o que se deve aprender?);
    procedimental (o que se deve fazer?); e atitudinal (como se deve
    ser?).

  • Equidade
  • Equidade diz respeito ao senso de justiça, à correta aplicação da
    justiça. A equidade só pode existir a partir da alteridade. É a busca
    de transformar a instituição em uma comunidade humana onde todos são
    respeitados em sua dignidade, em que se percebe o outro em suas
    diferenças e o respeita em sua singularidade. Superação gradativa das
    desigualdades em todos os sentidos. A elaboração de políticas que
    incentivem a todos no empenho pela capacitação e qualificação
    profissional.

  • Corresponsabilidade
  • A corresponsabilidade é mais ampla do que participação. Uma pessoa
    pode realizar todas as suas atividades e não ser corresponsável. É uma
    forma de ação colegiada, onde todos se sentem igualmente responsáveis
    por um objetivo comum. Todo corresponsável comunga com a missão da
    Instituição. A corresponsabilidade se dá entre iguais onde uma pessoa
    será a medida da outra, transcendendo-se, tornando-se sujeito
    corresponsável; entre desiguais o que acontece é a submissão.

  • Humanização
  • Instituição que acredita no ser humano e luta para que as injustiças
    sejam combatidas com rigor, buscando ajudar sempre os mais
    necessitados, contribuindo para que tenham acesso aos seus direitos.
    Fazer com que todos sintam-se parte da Família UNISBA, independente do
    cargo ou função que exerçam na Instituição. A formação que a
    Organização oferece deve contribuir para que os alunos tenham contato
    com a realidade social, tornando-os protagonistas da transformação
    social. E os profissionais da instituição também sejam contemplados
    por esta ação e contribuam, por sua vez, para esta transformação.

    Estrutura