Evento virtual discute as principais preocupações empresariais em tempos de pandemia

Publicado em 1 de julho de 2020.

Aconteceu na noite desta terça-feira (30) o Projeto Intercursos, cujo tema foi “Reflexões Empresariais em Tempos de Pandemia”. O evento foi uma iniciativa das coordenações dos Cursos de Administração e Direito do UNISBA como objetivo de promover uma discussão crítica, interdisciplinar e aprofundada sobre as principais preocupações empresariais, nos aspectos administrativo, organizacional e jurídico para manter uma empresa em tempos de pandemia.

Ele foi mediado pela Coordenadora do Curso de Administração, Prof.ª Msc. Daniela Adami, e a Coordenadora do Curso de Direito, Prof.ª Dr.ª Carolina Orrico. Os convidados que conduziram a discussão foram o Prof. Msc. João Barroso Bastos Filho – Engenheiro, Professor de Gestão Pública, Sistemas de Informações Gerenciais, Gestão da Tecnologia da Informação e Gerente de T.I. do Sebrae – e o Prof. Msc. Thácio Moreira – Advogado, Mestre em Direito Civil pela Universidade Federal da Bahia, Professor de Direito Civil, Processual Civil e Empresarial, Coordenador Cível do Queiroz Cavalcanti Advocacia, unidade Bahia.

Este acontecimento atraiu um público bastante heterogêneo, participativo e atento. Dentre os participantes, compareceram estudantes de diversos cursos, além de Administração e Direito e, também, egressos e pessoas de fora da Instituição. Ao todo, o Projeto Intercursos contou com mais de 40 presentes interessados no assunto e interagindo com os palestrantes e mediadoras.

Uma das interações chamou a atenção pela pertinência e atualidade. O participante Israel Santiago fez o seguinte questionamento: “Professores, vocês acham que a mudança do comportamento da sociedade na utilização das tecnologias remotas, independente da pandemia, é um processo precoce, pois iria ocorrer naturalmente a médio prazo?”. Ambos os professores discordaram de que uso das tecnologias remotas seja um processo precoce, pois independente da pandemia já existia o home-office. A Pandemia só acelerou algo que já vem ocorrendo naturalmente e, há algum tempo, faz parte do cotidiano da sociedade moderna.

Últimas Notícias